A festa de Réveillon não será mais realizada em Salvador. A notícia foi divulgada pelo prefeito Bruno Reis, na manhã desta segunda-feira (29), durante conversa com a imprensa. Há meses, o prefeito dizia que iria decidir sobre a realização da festa apenas na data-limite.

De acordo com o prefeito, mesmo com o avanço da vacinação, o cenário de incertezas provocado neste momento pela Covid-19 levou à conclusão de que não há como realizar o Festival da Virada este ano, um evento para mais de 250 mil pessoas/dia, com segurança sanitária aos cidadãos.

“No cenário de incertezas, de duvidas, não há como realizar o festival da virada esse ano, estamos a um mês da festa e chegamos ao limite dessa decisão. Como essa é uma decisão que dependeria exclusivamente da prefeitura, a decisão está tomada. Nós não realizaremos a festa. Diante de tudo que estamos vendo, ainda não é o momento de colocarmos em risco tudo o que construímos até aqui”, disse.

Questionado sobre se haveria alguma programação para a virada de ano não passar em branco na capital baiana, o prefeito informou que ainda avalia as possibilidades. Durante a virada de 2019 para 2020, mesmo não tendo Festival Virada, houve queima de fogos em alguns pontos da cidade. Ainda não há confirmação se esse ano terá de novo.

“Ainda vou ver o que é possível fazer. Em relação ao evento, não dava para tomar essa antecedência se não fosse com o mês, e hoje falta exatamente um mês. Outras ações dá para serem ativadas mais próximas. Não é uma decisão fácil porque a gente sabe da importância para a economia da cidade, mas a gente sempre colocou a vida em primeiro lugar. O momento exige cautela e prudência. Vamos ver se é possível fazer alguma coisa e o que é possível fazer”, disse. Segundo ele, tudo será feito para evitar aglomerações na cidade.

Do Correio da Bahia.

Sobre o autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.